Como promover a redução de custos em seu atendimento estético?

Como promover a redução de custos em seu atendimento estético?

Escrito em 03/09/2018
Spa da pele

2

No seu dia a dia, você já deve estar acostumada com pequenas economias para gerenciar sua casa: desligar as luzes, fechar torneiras, optar por marcas mais baratas e tantas outras. Mas, você sabe como aumentar seu lucro, promover a redução de custos em seu atendimento estético e continuar conquistando clientes?

Evitar o desperdício de recursos, como água e eletricidade, é uma forma simples de cortar gastos! Contudo, falando de empresa, há diversas outras medidas que também podem gerar um grande impacto positivo nas contas no fim do mês, e o melhor: sem comprometer a sua qualidade do atendimento.

Despertei sua curiosidade? Então, veja as dicas que separei para que você consiga reduzir os gastos e otimizar seus serviços!

Reduza custos com fornecedores

Há duas maneiras principais de diminuir gastos com fornecedores. Primeiro faça uma lista dos fornecedores de tudo o que consome na estética.

Na sequencia, separe da sua lista os fornecedores que você mais compra, veja quanto tem investido com eles por um período de 3 ou 4 meses e tente comprar tais quantidades de uma unica vez, é  bem provável que consiga negociar um valor menor por unidade.

Isso é, particularmente, interessante quando estamos falando de materiais com prazo de validade longo ou mesmo indeterminado, como no caso de materiais descartáveis, de proteção como os EPI e produtos de limpeza.

Mas, fique atenta, pois essa dica depende do tipo de produto. Muitos itens utilizados nos tratamentos estéticos não devem ser estocados por muito tempo, uma vez que podem perder a validade.

Para esses materiais, aqui vai a segunda dica, uma boa alternativa é recorrer às compras agendadas, aquelas em que você combina com o vendedor entregas na quantidade e na frequência adequadas ao seu consumo, o que ajuda bastante no corte de gastos. Sua fidelidade de compras com o mesmo fornecedor merece desconto ou no mínimo um bônus, não é mesmo?

Essa opção é boa para todos os envolvidos. O fornecedor tem a certeza de que venderá os produtos e você tem a segurança de tê-los sempre disponíveis. Além disso, você também pode negociar o preço ou compra antecipada, ficando menos sujeita às variações do mercado.

Crie parcerias de negócio que minimizem custos

Juntas somos mais fortes, não é mesmo? Então, por que não se unir a outro estabelecimento, ou profissional, para reduzir custos ao desenvolver uma ação coletiva de divulgação de seus tratamentos? A ideia, aqui, é buscar alguém que ofereça serviços complementares aos seus e montar um plano em conjunto, assim seu custo de divulgação é menor. Veja alguns parceiros em potencial:

  • academias;
  • nutricionistas;
  • personal Trainer;
  • salões de beleza (que não tenham tratamento estético);
  • restaurantes e lanchonetes com foco em alimentação saudável.

A estratégia mais simples de parceria é trocar divulgações de serviços complementares reduzindo assim os custos com propaganda.

E ainda é possível ir além: uma sugestão é oferecer descontos para clientes de ambas às empresas, por exemplo “alunos da academia X ganham 10% de desconto em qualquer serviço na estética e, clientes da estética ganham 10% de desconto na academia”. Essa é uma ação ganha-ganha para todos os envolvidos. Que tal?

Faça uma boa gestão de estoque para redução de custos

Pense bem, em uma empresa grande quem é responsável pelo gerenciamento do estoque, quer sempre evitar duas situações: a falta e o desperdício de materiais.

Para isso, é preciso conhecer muito bem a demanda pelos produtos, e fazer da organização uma prioridade, não é mesmo? Agora, quando pensamos na estética, é a esteticista quem faz tudo isso sozinha e você não pode bobear nessa!

Afinal, puxe na memória por um instante, quantos cosméticos comprados com tanto suor você já desperdiçou por ter passado do prazo de validade? Você com certeza, não quer  que isso se repita, não é mesmo? Então, siga a risca a próxima dica.

Em um primeiro instante, é  importante que você confira mensalmente a validade dos seus produtos e utilizar uma planilha, ou software ou mesmo um caderno com suas anotações para não perder de vista os produtos que estão próximos de vencer. Use-os primeiro, antes do vencimento!

Também é interessante realizar um levantamento semanal de tudo o que é consumido. Com base nisso, fica mais fácil organizar quando será feita a reposição dos produtos, controlando o desperdício e garantindo uma redução de custos que antes não era possível.

Porém, é preciso considerar que a sua necessidade de comprar mais produtos, e vai depender fundamentalmente da sua quantidade de venda de serviços ou fechamento de novos tratamentos com suas clientes. É aí que muita gente se perde! Pois pode ocorrer duas situações:

  1. Comprar mais produtos do que utiliza, então nesse caso use a dica acima para lidar com a reposição de produtos e evitar que ocorra desperdício.
  2. Se a procura aumenta repentinamente, e  você NÃO tiver em seu estoque os produtos básicos para no mínimo o 1º atendimento, irá perder de vender seu serviço. Depender da entrega do fornecedor para inciar um tratamento nem sempre é a melhor ideia!

Qualquer imprevisto que atrase a entrega do seu pedido pode gerar atrasos para o início do tratamento, e até o cancelamento do pacote fechado pelo cliente.

Em suma, redução de custos não significa necessariamente que você não possa ter o estoque ideal para atender e tampouco é estocar o máximo de produtos que sua prateleira aguenta. Isso seria desperdício de recurso e de oportunidade de atendimento!

Por isso, é sempre importante ficar atenta ao volume de pacotes/tratamentos fechados para agir na prevenção, sempre tendo os produtos para os primeiros atendimentos e nova compra posteriormente. Isso sim, evita redução de custos excessivos, aumenta sua eficiência e lucratividade.

Adote ferramentas de gestão gratuitas

Controlar o seu negócio requer tempo e conhecimento, mas há diversas ferramentas/softwares/aplicativos recheados de tecnologias que auxiliam nesse processo. Porém, muitos se assustam pensando nos custos, pois algumas delas necessitam de licenças caras, não sendo muito acessíveis.

Isso é razão para impedir que a tecnologia ajude você? Claro que não! Há alguns programas gratuitos que podem ser usados para aumentar sua organização e produtividade. Veja na loja de aplicativos em seu celular quantas opções gratuitas para controle de estoque estão disponíveis, garanto que uma delas irá ser perfeita para você!

Portanto a dica é: lembre-se todo profissional de beleza, vende serviço, e vender serviços quer dizer que você vende fundamentalmente seu tempo. Então, toda ação que reduza o desperdício do seu tempo, é redução de custos para você! Sabendo disso, você pode buscar soluções gratuitas para:

  • controlar o fluxo de caixa e pagamento de contas;
  • compartilhar documentos;
  • organizar a agenda de atendimentos;
  • ordenar os e-mails.
  • organizar suas contas a pagar para não se misturar as contas pessoais e gastos diários.

Ter esses controles permitirá a você prever melhor o que fazer com seu lucro, e como distribuir o que recebe para pagar as contas de forma organizada. Isso fará com que reduza qualquer custo com juros e multas de atrasos nos pagamentos a fornecedores, ou boletos.

E o principal, te dará uma visão global do quanto de fato é seu lucro e o quanto você tem de custos para manter sua estética. Mas, isso é assunto para outra conversa, onde falarei sobre formação de preços de serviços na estética.

Pronto! Agora você já sabe o que é preciso fazer começar a cortar despesas e aumentar a sua lucratividade. Porém, para continuar a conquistar e fidelizar clientes, é essencial manter a qualidade dos seus atendimentos em qualquer ação de redução de custos, ok?

O que você achou deste conteúdo? Se você conhece outras estratégias para diminuir os gastos de seu atendimento estético, compartilhe comigo nos comentários abaixo!

Até mais,

Lucienne Souza